sábado, 27 de junho de 2009

Bullroarer, Chama-alma ou Berra-boi



O bullroarer, rhombus, ou turndun, é um instrumento musical usado em rituais e para comunicação de longa distâncias. Sua origem data do período Paleolítico, sendo encontrado na Ucrânia datam de 17.000 aC. É encontrado na Europa, Ásia e No subcontinente indiano, África, nas Américas e na Austrália.

Na Grécia antiga era um instrumento utilizado no sagrado "Dionysian Mysteries"(ritual antigo) e ainda é usado em rituais pelo mundo.

Juntamente com o didgeridoo, é destaque entre as tecnologias Aborígenes australianos, utilizado na cerimónia em todo o continente.

Esse instrumento pode ser feito de 2 jeitos, tradicional(feito com a madeira inteira)foto abaixo ou usando um compensado é a maneira mais fácil.

Como Fazer

Pode ser feito do jeito tradicional usando um galho de árvore ou usando a madeira "compensado".

Corte por volta de 60cm de cumprimento um galho de umas 3 ou 4 polegadas.



Depois corte no meio com um serrote ou com o machado.



Depois tire mais um pedaço deixando apenas a parte do centro da madeira.



Após obter o pedaço central da madeira conforme a figura abaixo, desenhe o formato do intrumento.



Modele com um canivete o formato do instrumento.



Este é o formato esperado.




Pronto... agora falta apenas furar e amarrar o barbante ou sisal.




Na australia tem o costume de enveitar o instrumentos com animais e paisagens.



Esse instrumento pode ser feito com outros materias.

VIDEO




Meio de comunicação...hehehe

3 comentários:

Yan Chaparro disse...

muito bom...
estes sons são sempre alucinante...


tudo pronto para Pernambuco???


paz

wanderlei disse...

OI
BOM, SE ALGUEM VER ESSE COMENTARIO EU GOSTARIA DE DIZER:

Eu sou coroinha, da diocese de luziania, paroquia de Santo Antonio do Descoberto, aqui nós usamos o berra-boi na sexta feira da paixão, antes do cantico de Verônica.
o toque do berra boi, aqui é usado como exorcita do ambiente!!!
para mais imformações meu email é
saliburlink@hotmail.com

FOI UM PRAZER
GOSTEI MUITO DO BLOG
ATE LOGO!!!

Maísa Arantes disse...

Legal, fiquei conhecendo hoje o instrumento. É importante para as pesquisas que faço de música regional.

Abraços! Muito obrigada a todos!